Pular para o conteúdo

Faz se necessário está correto? Entenda o uso correto do verbo ‘fazer’

Faz-se necessário está correto? Essa é uma dúvida comum entre os falantes da língua portuguesa. Afinal, é correto utilizar o pronome reflexivo “se” antes do verbo “fazer”? A resposta é sim, está correto.

O uso do pronome reflexivo “se” antes do verbo “fazer” é conhecido como voz passiva sintética, e é uma construção gramatical que tem como objetivo enfatizar a ação e não o agente da ação. É uma forma elegante e sofisticada de se expressar.

No entanto, é importante lembrar que essa construção gramatical não é obrigatória. É possível utilizar o verbo “fazer” sem o pronome reflexivo “se”, como em “é necessário refletir sobre a atual sociedade de consumo”. A escolha entre uma construção e outra dependerá do contexto e do estilo de escrita do autor.

Correção Gramatical

Concordância Verbal

A expressão “faz-se necessário” é uma construção na terceira pessoa do singular, no presente do indicativo, do verbo “fazer”. Dessa forma, o correto é utilizar o verbo no singular, concordando com o sujeito da frase. Por exemplo: “Faz-se necessário refletir sobre a atual sociedade de consumo”.

Uso do ‘Se’

O uso do “se” na expressão “faz-se necessário” é denominado pronome apassivador. Ele é utilizado para indicar que a ação não é realizada pelo sujeito da frase, mas sim por outra pessoa ou coisa. Nesse caso, o verbo concorda com o sujeito da frase, que pode ser simples ou composto. Por exemplo: “Faz-se necessário os estudos e experimentações” ou “Faz-se necessário que os estudos e experimentações sejam realizados”.

É importante lembrar que a construção “faz-se necessário” é formal e pode ser substituída por outras expressões como “é preciso”, “é necessário” ou “é fundamental”.

Contextos de Uso

Ao utilizar a expressão “faz-se necessário”, é importante considerar o contexto em que ela será empregada. Em geral, a expressão é utilizada para indicar que algo é necessário ou essencial em determinada situação.

Linguagem Formal

Na linguagem formal, a expressão “faz-se necessário” é mais comum, especialmente em textos técnicos, acadêmicos e jurídicos. Nesses casos, é importante utilizar uma linguagem mais precisa e objetiva, evitando o uso de gírias e expressões informais.

Por exemplo, em um texto acadêmico sobre a importância da educação, pode-se utilizar a expressão “faz-se necessário investir em políticas públicas que promovam a educação de qualidade para todos”. Nesse caso, a expressão é utilizada para indicar que a promoção da educação é essencial para o desenvolvimento da sociedade.

Linguagem Informal

Na linguagem informal, a expressão “faz-se necessário” é menos comum, sendo substituída por expressões mais simples e diretas, como “é preciso” ou “é necessário”.

Por exemplo, em uma conversa informal entre amigos sobre a importância da atividade física, pode-se utilizar a expressão “é preciso praticar exercícios físicos regularmente para manter a saúde em dia”. Nesse caso, a expressão é utilizada para indicar que a prática de exercícios físicos é essencial para a manutenção da saúde.

Em resumo, a expressão “faz-se necessário” é correta e pode ser utilizada em diversos contextos, desde que seja empregada de forma adequada e de acordo com a linguagem utilizada no texto ou na conversa.

Alternativas e Sinônimos

Ao escrever um texto, é comum querer variar a linguagem para evitar repetições. Nesse sentido, é interessante conhecer alternativas e sinônimos para a expressão “faz-se necessário”.

Uma opção é utilizar “é necessário”, que é uma forma mais simples e direta. Outra possibilidade é “torna-se necessário”, que dá um tom mais enfático à necessidade.

Também é possível usar expressões como “faz-se imprescindível”, “é imprescindível” ou “é indispensável”, que reforçam a importância daquilo que é necessário.

Para evitar a repetição de “necessário”, pode-se utilizar palavras como “obrigatório”, “essencial”, “fundamental” ou “requisito indispensável”.

É importante lembrar que, ao utilizar sinônimos, é necessário ter cuidado para não alterar o sentido original da frase. Além disso, é preciso estar atento à concordância verbal e nominal, para evitar erros gramaticais.

Confira abaixo uma tabela com algumas alternativas e sinônimos para “faz-se necessário”:

ExpressãoSignificado
É necessárioPrecisa ser feito
Torna-se necessárioFica imprescindível
Faz-se imprescindívelÉ fundamental
É imprescindívelNão pode ser dispensado
É indispensávelÉ obrigatório
Requisito indispensávelÉ essencial

Exemplos Práticos

Faz-se necessário é uma expressão que indica a necessidade de alguma ação ou mudança. É uma construção verbal que pode gerar dúvidas em relação à sua correção gramatical. No entanto, o uso de faz-se necessário está correto, desde que seja utilizado em situações adequadas.

A seguir, serão apresentados alguns exemplos práticos que ilustram o uso correto de faz-se necessário:

  • Faz-se necessário que os funcionários sejam treinados antes de iniciarem suas atividades na empresa.

Neste exemplo, a expressão é utilizada para indicar a necessidade de treinamento dos funcionários antes que eles iniciem suas atividades na empresa. O verbo fazer concorda com o sujeito (que está oculto), que neste caso é o treinamento.

  • Faz-se necessário que sejam realizadas obras de infraestrutura na cidade.

Neste caso, a expressão faz-se necessário é utilizada para indicar a necessidade de obras de infraestrutura na cidade. O verbo fazer concorda com o sujeito, que neste caso é a realização das obras.

  • Faz-se necessário que sejam adotadas medidas para reduzir o consumo de água.

Neste exemplo, a expressão é utilizada para indicar a necessidade de adoção de medidas para reduzir o consumo de água. O verbo fazer concorda com o sujeito, que neste caso é a adoção de medidas.

Em resumo, faz-se necessário é uma expressão correta e adequada para indicar a necessidade de alguma ação ou mudança. É importante lembrar que o verbo fazer deve concordar com o sujeito da frase, que pode estar oculto em alguns casos.

1 comentário em “Faz se necessário está correto? Entenda o uso correto do verbo ‘fazer’”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.